Paschoalotto/Bauru vence fora de casa e mantém 100%

Quinta-feira, 12/11/2015

O Paschoalotto/Bauru estreou fora de casa e com vitória, na temporada 2015-16 do Novo Basquete Brasil. Nesta quinta-feira (12/11), a equipe bauruense foi até a capital mineira, Belo Horizonte, venceu o Minas Tênis Clube por 83 a 67 e conquistou a terceira vitória seguida no NBB, mantendo o aproveitamento em 100% na competição.

Com mais um belo jogo coletivo, o Paschoalotto/Bauru contou com cinco jogadores pontuando acima dos dois dígitos (vide relação abaixo). Destaque para Robert Day que anotou 17 pontos. “Sabemos da importância das vitórias fora de casa e viemos com o objetivo de vencer. Conseguimos uma diferença muito boa e administramos bem durante a partida”, afirmou o ala.

O duelo marcou o reencontro do técnico Demétrius Ferracciú com sua última equipe antes de assumir o comando do Paschoalotto/Bauru. “Nossa equipe se comportou muito bem, tivemos o domínio do jogo a maior parte do tempo e conseguimos ditar o nosso ritmo. Estamos crescendo, defendemos bem, sofremos apenas 20 pontos no primeiro tempo e o mais importante é ganhar no conjunto defensivo e ofensivo”, analisou Demétrius.

O Paschoalotto/Bauru volta a quadra na próxima quarta-feira (18/11), às 20h, para duelar a equipe do Pinheiros, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru, pela quinta rodada do NBB.

Destaques:
Robert Day: 17 pontos, 5 rebotes e 3 assistências;
Alex Garcia: 12 pontos e 3 assistências;
Jefferson William: 11 pontos, 4 rebotes e 3 assistências;
Paulinho Boracini: 11 pontos;
Léo Meindl: 10 pontos e 8 rebotes;
Ricardo Fischer: 7 pontos, 8 rebotes e 3 assistências.

Parciais:
12 x 25
08 x 10
24 x 26
23 x 22

Autor: Caio Casagrande e Henrique Costa

Fonte: Assessoria de Comunicação

Galeria

  • Crédito: Caio Casagrande

    Crédito: Caio Casagrande

  • Crédito: Caio Casagrande

    Crédito: Caio Casagrande

  • Crédito: Caio Casagrande

    Crédito: Caio Casagrande

  • Crédito: Caio Casagrande

    Crédito: Caio Casagrande

  • Crédito: Caio Casagrande

    Crédito: Caio Casagrande

  • Crédito: Caio Casagrande

    Crédito: Caio Casagrande